faça sua denúncia....
  Home  |  Matérias  |  Expediente  |  Editorial  |  Contato    
  :::  www.anticartel.com ::: 

Em breve, aguarde...

Fiat, Ford e Volkswagen são acusadas de abusar do direito de propriedade no setor de peças de reposição

05/09/2016A secretaria-geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), divulgou nota técnica onde é sugerida, ao Tribunal Administrativo de Defesa Econômica do órgão antitruste, a condenação das três montadoras por abuso de propriedade no setor de peças de reposição. Elas são acusadas de tentar proibir, via ações judiciais, os fabricantes independentes de autopeças (Fiaps), de produzirem e venderem “peças visíveis dos veículos por elas produzidos”. A denúncia foi feita pela Anfape – Associação Nacional dos Fabricantes de Autopeças, ainda em 2007. Se condenadas, poderão ter de pagar multas milionárias, além de serem impedidas de ingressarem com novas ações judiciais contra os chamados Fiaps.

De acordo com o extenso relatório concluído pelo Cade, em suas 156 páginas, “as montadoras representadas estariam se voltando contra o mercado de reposição (affermarket), a fim de proibir os proibir os Fabricantes Independentes de Autopeças (FIAPs) de fabricarem e venderem peças visíveis dos veículos por elas produzidos. Como fundamento para tanto, as representadas utilizariam determinados registros de desenhos industriais que levaram a efeito perante o Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI)”. leia mais...

_______________________________________________________________________________________________

Transportadora de veículos faz exportação de 30 Onix para a General Motors do Chile

02/09/2016Depois de trabalhar duro e conquistar o direito de ser a única operadora de logística e distribuidora dos veículos da marca Kia Motors do Brasil para todo o país (já fazia parte do transporte há 15 anos), a Transilva Log, que tem sede em Vitória-ES, abriu espaço para a realização de exportação de 30 veículos Onix da General Motors de Gravataí-RS para a GM do Chile. Os automóveis foram embarcados ontem na planta gaúcha e ganharam a rodovia, distribuídos em três caminhões-cegonha.

Antes disso, a empresa capixaba precisou amargar grandes perdas, a exemplo do prejuízo de aproximadamente R$ 7 milhões (na época) assumido em 2011, quando teve nada menos do que 11 caminhões-cegonha incendiados criminosamente. O principal motivo foi a tentativa da transportadora em romper com o gigantesco cartel que continua controlando o setor de transporte de veículos novos. Sem querer falar no polêmico assunto, uma fonte da empresa comemora a melhora nos resultados do segmento, mas prefere ficar distante de qualquer associação a um possível rompimento do sistema cartelizante. “Estamos correndo atrás de novos clientes. Não ficamos esperando sermos chamados. Oferecemos preço justo e garantia da entrega da carga com segurança”, limita-se a afirmar um dos diretores. leia mais...

_______________________________________________________________________________________________

Doze empresas e 27 pessoas físicas estão sob suspeição. Acusados serão notificados para apresentar defesa

31/08/2016“A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica – SG/Cade instaurou, nesta semana, processo administrativo para apurar supostas práticas de cartel nos mercados de distribuição e revenda de gás liquefeito de petróleo – GLP –, conhecido como gás de cozinha, na região Nordeste do Brasil (PA 08700.003067/2009-67).

Estão sendo investigadas as seguintes distribuidoras de GLP: Bahiana Distribuidora de Gás Limitada., Companhia Ultragaz Sociedade Anônima, Copagaz Distribuidora de Gás Limitada., Liquigás Distribuidora Sociedade  Anônima, Minasgás Sociedade Anônima Indústria e Comércio, Nacional Gás Butano Distribuidora Limitada. e Supergasbras Energia Limitada. Também estão sendo investigadas as revendedoras: Frazão Distribuidora de Gás Limitada. – EPP, Revendedora de Gás do Brasil Limitada., Revendedora de Gás da Paraíba Limitada. – EPP e Super Comércio de Água e Gás Limitada. Apura-se ainda a participação de 27 pessoas físicas relacionadas a essas empresas e do Sindicato dos Revendedores de Combustíveis e Derivados do Interior da Paraíba – Sindirev. leia mais...

  ::: ARTIGOS :::  
A covardia das montadoras...
   ::: SUCURSAIS :::
*Salvador (BA) *Anápolis (GO) *Belo Horizonte (MG)
*Betim (MG) *Brasília (DF) *Camaçari (BA)
*Curitiba (PR) *Goiânia (GO) *Gravataí (RS)
*Porto Alegre (RS) *Porto Real (RJ) *São Paulo (SP)
*São Bernardo do Campo (SP)  
*São José dos Pinhais (PR)  
*Rio de Janeiro (RJ) Redação - NOSSO EXPEDIENTE

Últimas Notícias
30/08/2015 - Renault, GM e Volkswagen deixam de contratar novos transportadores por temer mobilização de cegonheiros que apóiam o cartel...
25/08/2015 - Cegonheiros do Sindicam continuam mobilizados para tentar garantir monopólio de dois grupos econômicos...
Veja mais notícias...
LINKS
visite nosso site...
visite nosso site...
 
 
 
 
 
 
 
Copyright © ANTI-CARTEL  Contato   Expediente Designed by ANTI-CARTEL