faça sua denúncia....
  Home  |  Matérias  |  Expediente  |  Editorial  |  Contato    
  :::  www.anticartel.com ::: 
 

Informativo Anticartel.com (531), 10 de agosto de 2017.

 
 

CARTEL NO SETOR DE TRANSPORTE DE VEÍCULOS

Paulo Câmara é contra luta dos cegonheiros pernambucanos. Prefere apoiar mineiros integrantes do cartel

Prefeitura do Recife também não aceita movimento ordeiro e pacífico. Estado e município foram à Justiça para varrer cegonheiros que buscam o trabalho. Ambos querem mineiros para escoar produção da Fiat-PE


10/08/2017 Os cegonheiros pernambucanos filiados ao Sintraveic concordaram em desocupar as principais avenidas e pontes de Recife-PE, atendendo decisão judicial. Mas prometem continuar a luta para participar do escoamento da produção dos veículos da Fiat de Goiana, entregue à Sada, de Minas Gerais e aos seus agregados. Mas agora também terão de lutar contra o governador Paulo Câmara e o prefeito Geraldo Filho. Os nada democráticos, ajuizaram ação visando acabar com o movimento pacífico e ordeiro dos cegonheiros. Apesar de pertencerem ao Partido Socialista (?) Brasileiro, com a medida judicial, mostraram-se a favor dos mineiros e da própria Sada (empresa integrante da ANTV, entidade extinta pela Justiça Federal do Rio Grande do Sul por formação de cartel no setor de transporte de veículos novos).

Esta foi a resposta dada pelo governador do Estado ao pedido de audiência protocolado pelo Sintraveic, que afirma estar a montadora Fiat-PE a descumprir com a legislação estadual que instituiu o Prodeauto. Na petição inicial, os procuradores do Estado e do Município utilizam apenas artigos da legislação de trânsito, os quais proíbem a circulação e estacionamento de veículos de comprimento superior a 6,5 metros. Em nenhum momento Estado e Município citam que o protesto pacífico e ordeiro tem como principal fundamento, a demonstração de descumprimento do Prodeuto por parte da Fiat, com a suposta concordância do poder Executivo estadual.

Esta semana, a Newsletter do site Anticartel publicou as informações levantadas pelo Sintraveic, dando conta de que, com a entrega do transporte dos veículos produzidos pela Fiat à Sada Transportes e Armazenagens e a seus cerca de 900 cegonheiros agregados, o Estado de Pernambuco perde aproximadamente R$ 140 milhões por ano na arrecadação de impostos.

O governador Paulo Câmara até o momento não se manifestou a respeito do assunto. A exemplo da Fiat, prefere o silêncio, tendo em vista a falta de justificativa. Por meio da assessoria de imprensa, repassa apenas a informação de que trata-se de questão envolvendo a iniciativa privada. O certo é que a Fiat abocanhou R$ 7 bilhões de recursos públicos do FNE e BNDES, além de aproximadamente 95% de incentivos fiscais do governo pernambucano. (Fotos: Arquivo Anticartel e Divulgação)


imprime a página atual...
 
     
   ::: SUCURSAIS :::
*Salvador (BA) *Anápolis (GO) *Belo Horizonte (MG)
*Betim (MG) *Brasília (DF) *Camaçari (BA)
*Curitiba (PR) *Goiânia (GO) *Gravataí (RS)
*Porto Alegre (RS) *Porto Real (RJ) *São Paulo (SP)
*São Bernardo do Campo (SP)  
*São José dos Pinhais (PR)  
*Rio de Janeiro (RJ) Redação - NOSSO EXPEDIENTE

   

Copyright © ANTI-CARTEL  Contato   Expediente Designed by ANTI-CARTEL